Oyá, Senhora do Entardecer 
Cromoterapia
Cromoterapia

 

 

         A Cromoterapia originou-se em épocas remotas. Relatos de antigas civilizações, como a egípcia, hindu e outras, referem-se à significativa presença das cores na cultura dos povos, bem como à sua contribuição na terapêutica. Atualmente o emprego das cores tem se tornado cada vez mais frequente nos diversos segmentos, que compreendem a decoração, a publicidade e junto a técnicas como Reiki, Radiestesia e Feng Shui. No tocante à Cromoterapia, ela tem-se difundido por vários países, como uma prática alternativa. É um sistema holístico (do grego holos = todo, total) de medicina natural que usa as cores para equilibrar a mente, as emoções, a parte energética e o organismo físico, tratando o paciente como um todo, aliviando seus sintomas, mas buscando as suas causas. O corpo é um sensor que acusa o modo como estamos lidando com os acontecimentos. Cada parte dele reflete uma emoção. Todas as alterações metabólicas do organismo têm sua origem no desequilíbrio emocional.

         Na vida somos cercados pelas situações do ambiente que afetam nossas emoções; pode-se dizer que, dependendo do nosso estado emocional, vamos ter um tipo de reação diante dos acontecimentos. De acordo com essas alterações emocionais, vamos manter a saúde ou provocar as doenças.Um dos seus princípios é que as cores alteram a matéria do corpo físico, o qual se compõe de átomos; quando energizados pelas cores, equilibram-se e reagrupam-se mais harmoniosamente, promovendo uma melhora que aumenta a confiança do paciente. A cromoterapia científica concilia bem a ciência com a espiritualidade, as quais não podem mais ficar separadas, pois aprendemos que somos formados por corpos de energia: o físico, o corpo vital ou etérico, o corpo emocional, o corpo mental e os três corpos espirituais. Segundo a medicina psicossomática, 90% das doenças têm origem na mente (pensamentos) e nas emoções, e por isso usamos técnicas de diagnóstico que descobrem a existência de alguma enfermidade já presente nesses níveis de energia e a caminho do corpo físico, podendo ser dissolvida ainda no nível energético e assim impedindo que se somatize no corpo físico. Naturalmente, essas técnicas descobrem também as causas dos desequilíbrios que já estejam atingindo o organismo, bem como as cores que ajudarão a corrigir o problema. Para isso há dez técnicas de diagnóstico - dentre elas a radiestesia (uso do pêndulo) - compostas por aparelhos especiais e pela intensa utilização das mãos - nossos primeiros instrumentos de diagnóstico e de tratamento. Portanto, não há "receitas" de tratamento que sirva para todos: cada paciente é único e tem uma necessidade energética diferente. 

        Os métodos utilizados dividem-se de acordo com a análise do Cromoterapeuta sobre o paciente:

- Cromoterapia: Cromo (Cor) +_Terapia (tratamento) = utilizaçao de um foco luminoso sob diversos métodos, objetos, alimentos, etc.

- Cromosofia: Cromo (Cor) + Sofia (sabedoria) = ação no psique-humano (roupas, decoração, objetos visíveis, com a finalidade de comportamento em pessoas pelo uso de pulseiras e coleirascoloridas, em animais.        

- Cromofilaxia: Cromo (Cor) + Filaxia = procedimentos preventivos para manutenção e promoção do bem estar. A cor amarela para esportes e estudo e a cor verde para equilíbrio da saúde e sentimentos.

- Cromologia: Cromo (Cor) + Logia = lógica, discurso = estudo físico das cores pelo espectos eletyromagnítico, frequência, velocidade, temperatura, vibração e rítmo através das notas musicais  dos compassos da música.

- Cromopatia: Cromo (Cor) + Pathus (sofrimento) = aplicação de cores para alívio e enfermidades físicas, mentais e energéticas.

- Colormancia: Cromo (Cor) + Mancia (previsões) =  Indicação terapêutica por letrras e número relacionados ao indivíduo, às amizades, às sociedades, às profissões, às financas, às empresas.

Grafocromopatia:  uso de canetas coloridas em nomes e fotografias para cura a distância.

           O Cromoterapeuta deverá em primeiro lugar, informar ao paciente, sobre a cor e a nota musical do Raio Individual, que o faz vibrar em harmonia consigo mesmo e com o Universo. É o SEU som/cor pessoal. Em termos simples, todos nós nascemos sob a influência de um Raio ou "personalidade da alma", que nos dá as qualidades pessoais e os dons necessários para desenvolver com sucesso a nossa tarefa de vida. E esse Raio corresponde a uma cor, a um som e a um Mestre Espiritual da Humanidade. Sabendo o seu Raio ou cor individual, o paciente fica conhecendo melhor as forças que em parte influem no seu modo de ser e pode então direcionar-se mais conscientemente para a realização do seu potencial e tarefa de vida, tornando-se mais satisfeito consigo e mais harmonizado com o mundo que o rodeia. Como exemplo, o Raio azul é o da Vontade-Poder, das pessoas que dão início à realização de idéias com determinação, dos líderes, dos pioneiros; o Raio rosa é o do Amor Universal, das pessoas que buscam ajudar as outras pessoas, uní-las. Um livro de cabeceira a respeito dos Sete Raios chama-se "Haja Luz", editado pela Ponte para a Liberdade. O tratamento na cromoterapia científica compõe-se de dez técnicas e de dezesseis métodos dos quais serão escolhidos os mais adequados ao caso do paciente. Dentre eles estão, a água solarizada, os alimentos, o banho de luz colorida, o banho de sol (helioterapia), as roupas e a música. A sala de cromoterapia é iluminada por uma luz verde - cor neutra e de equilíbrio - que fecha buracos na aura do paciente (causados por problemas emocionais e pensamentos negativos constantes) por onde ele perde energia vital e penetram energias negativas destruidoras principalmente do seu sistema nervoso. Assim, ao chegar ele já começa a ser ajudado sem o perceber. Tanto o cromoterapeuta quanto o paciente usam roupas brancas. 
         São oito as cores usadas na cromoterapia científica e cada uma delas produz um efeito benéfico no organismo e trata determinados distúrbios. São elas: o vermelho, o laranja, o amarelo, o verde, a rosa, o azul claro, o índigo (azul-marinho) e o violeta. 

Cores

 Vermelho é estimulante: vitaliza o corpo, os órgãos e a personalidade; aquece, acelera os batimentos cardíacos e a circulação; desperta o desejo sexual, retira o cansaço, abre o apetite, fortalece músculos e ossos; dissolve pedras nos rins e vesícula; ao nível emocional alegra, dá iniciativa, coragem, otimismo e entusiasmo. É indicado para pessoas com desânimo, impotência, frigidez, pressão baixa, anemia, resfriado, fraqueza, paralisia, fraturas. Entretanto, é contra-indicada para pessoas agitadas, idosas ou com problemas cardíacos, mentais, pressão alta, arteriosclerose, tumores, febre, hemorragias, "derrame", insônia e mulheres na fase menstrual ou grávidas. Por representar a vitalidade, podemos utilizá-la em pessoas anêmicas, apáticas e sem ânimo. 

Laranja elimina problemas respiratórios, desperta o desejo sexual, alivia convulsões, produz leite materno, rompe repressões, bloqueios mentais e emoções reprimidas, melhora a circulação sanguínea e a digestão, facilitam a assimilação de novas idéias, dissolve pedras nos rins e vesícula; ao nível emocional aumenta o otimismo, alegria, autoconfiança, auto-estima, sendo excelente para depressão, estresse, medo e desânimo. É indicado para obesidade, bronquite, impotência, frigidez, resfriado, cansaço, falta de apetite, reumatismo, inflamações urinárias, diabetes, artrose, paralisia, prisão-de-ventre, fraturas, contusões. Todavia, é contra-indicado para pessoas nervosas, gestantes, apendicite. Para obesidade, recomendam-se alimentos de cor vermelha e laranja; um copo de água energizada laranja entre as refeições.

Amarelo é tonificante; estimula os nervos, o aparelho digestivo, as células cerebrais (melhorando a concentração, memória e raciocínio), os movimentos peristálticos dos intestinos (eliminando a prisão-de-ventre) e os músculos; regenera ossos e medulas ósseas; desintegra cálculos renais e biliares; limpa toxinas da corrente sanguínea, pois ativa o sistema linfático, muco, vermes, cicatrizes e outros problemas de pele; ao nível emocional alegra, anima, equilibra, tratando: depressão, cansaço mental, stress emocional. É indicado para paralisias, eczemas, intoxicação, diabetes, problemas digestivos, hemorróidas, hanseníase, dispepsia, azia, fraturas ósseas, memória fraca, dificuldade de aprendizado. Entretanto, é contra-indicado em casos de excitação mental, histeria, taquicardia, alcoolismo, febre, hemorragia, insônia, diarréia e doenças mentais. 

Verde acalma, regenera tecidos, fecha buracos na aura, estimula o sistema imunológico, é antiinflamatório e antiinfeccioso. Acelera a cicatrização e equilibra a pressão arterial. É excelente para úlcera, problemas do coração, câncer de mama, gripe, traumatismos ósseos ou musculares e problemas digestivos. Ao nível emocional alivia tensões, raiva e insônia, sendo indicado para desequilíbrios emocionais profundos, traumas e grande enfraquecimento espiritual.

Rosa tem as mesmas indicações e contra-indicações do vermelho, mas, além disso, desintoxica a corrente sanguínea, é afrodisíaco, diurético, descongestionante e reenergiza o cromoterapeuta. Ao nível emocional anima, alegra e limpa mágoas, aumenta a auto-estima e o amor ao semelhante. 

Azul é calmante, antiinflamatório, antiinfeccioso, anti-séptico, regenerador celular de músculos, vasos sanguíneos e ossos. Muito usado em estética para problemas de pele (acne, rachaduras, micose, erupções, queda de cabelos, calvície, etc.). Alivia a dor, limpa energias negativas da aura, absorve e elimina gases estomacais e intestinais, lubrifica articulações, tubo digestivo e reto (prisão-de-ventre) e tecidos. Diminui os batimentos cardíacos e a fome. Alivia queimaduras, facilita a meditação, estimula a intuição e a paranormalidade (clarividência, clariaudiência, etc.). Ao nível emocional é bom para traumas, insônia, preocupação, nervosismo, ansiedade. É indicado para febre, problemas de garganta, reumatismo agudo, epilepsia, palpitações, hemorragias, sarampo, rubéola, varíola, afta, icterícia, diarréia, envenenamento, tumores. Porém, é contra-indicado em resfriados, pressão baixa, paralisias e pessoas apáticas. 

Índigo tem as mesmas indicações e contra-indicações do azul, mas além disso coagula o sangue, produz poderosa anestesia local ou geral, desliga temporariamente a consciência do mundo externo e do corpo, elevando-a a dimensões superiores/interiores; afasta energias negativas; diminui a atividade da glândula tireóide e o ritmo respiratório; provoca a projeção (viagem) astral; promove grandes transformações em todos os níveis do ser. Ao nível emocional é bom para medo, frustração, perversão e obsessão. 

Violeta acalma, cauteriza, é um antibiótico; cauteriza infecções sérias, inflamações, tumores e rupturas; paralisa infecções; bactericida (limpa feridas internas e externas); age sobre os vícios; diminui os batimentos cardíacos, desperta intuições e inspira (útil para artistas); aumenta o poder da meditação; elimina toxinas da corrente sanguínea e tem uma ação germinativa sobre os cabelos. Ao nível emocional elimina o ódio, a irritabilidade, a cólera; acalma todas as emoções violentas, diminui a angústia e o medo, sendo bom para nervosismo, ciúme, temperamentos "a flor da pele", excitabilidade, tensão, insônia e estresse. O violeta não tem contra-indicações. 

Atuação das Cores

Ninguém duvida que as cores exerçam uma influência específica, cada uma a seu modo, nas pessoas, nos animais e até mesmo nas plantas. Existem estudiosos que admitem uma espécie de campo vibratório emitido por cada uma das cores e suas tonalidades. Esse campo determinaria a sua influência através da modificação do padrão vibratório molecular do campo energético do ser vivo. Isso explicaria o fato de a cor influenciar e modificar até pessoas com olhos vendados, sem contato visual com o padrão colorido. Os animais e plantas estariam na mesma situação.

As duas teorias

Entre os psicólogos existe uma tendência a entender o efeito das cores como resultado da interferência e entender o efeito das cores como resultado da interferência do campo vibratório da cor no campo energético sutil (aura) dos seres vivos. Mas a teoria mais aceita é aquela que explica os efeitos das cores como resultado das modificações que estas provocam no sistema nervoso. O estímulo colorido, depois de captado pelos olhos, é conduzido ao cérebro e ali produzem transformações bioquímicas que resultam em sensações psíquicas e somáticas. Assim, surgiram sensações como a leveza do branco, a suavidade a e alegria do amarelo, a profundidade do azul, a estimulação do vermelho. E também apareciam modificações fisiológicas, como aumento ou diminuição da pressão arterial, alterações de freqüência cardíaca, aumento ou diminuição de cólicas e espasmos, etc. esta teoria mais atraente, mas também a mais incompleta, pois não explicam os efeitos apresentados por animais, plantas e por pessoas com olhos vendados submetidos a projeções fortes de focos luminosos coloridos.

Atração e Aversão

Todos nós temos uma ou algumas cores preferidas. As pessoas são mais atraídas por esta ou aquela cor porque se identificam com seus atributos e a sua influência. Essas pessoas possuem na alma a mesma tônica vibratória daquela cor e buscam sempre, mesmo inconscientemente, o contato com ela. Existe também a rejeição a algumas cores, ou seja, a aversão ao que elas transmitem. A cromoterapia procura também expor o ser humano a determinada cor e sua personalidade. Como sabemos que o azul, produz  tranqüilidade, podemos aplicá-la a uma pessoa irritadiça, explosiva e nervosa. Se estas características forem constantes nesta pessoa, o uso de roupas azuis tende a diminuir os seus problemas nervosos, ao passo que o vermelho tende a agravá-los.

Certas experiências têm demonstrado que pessoas expostas psicologicamente ao vermelho vivo apresentem elevação da pressão arterial e aceleração da respiração e das batidas cardíacas, devido ao efeito que a cor produz no sistema nervoso central. Isto é provocado pelo fato de o vermelho estimular o sistema nervoso central através do ramo simpático do sistema neurovegetativo. Já a exposição à cor azul tem efeito oposto. Ela age através do ramo parassimpático do mesmo sistema neurovegetativo, produzindo ação calmante e tranqüilizante, fazendo com que a pressão arterial, a respiração e a freqüência cardíaca diminuam.

As cores e a alma

Não resta dúvida de que há um processo complexo que determina o efeito da cor no organismo sendo um fato universal. As cores produzem influências específicas bem determinadas em qualquer pessoa, seja adulta ou jovem, homem ou mulher, doente ou sã. Também é universal o fato de uma pessoa não ter predileção pôr uma determinada cor e identificar-se com as qualidades e com a influência orgânica e psíquica desta mesma cor.

Muitos estudiosos afirmam que as cores atuam primeiramente na alma e depois no corpo. Senão, como explicar que as pessoas com olhos vendados sintam as mesmas idéias? Os resultados somáticos determinados pela influência de uma cor se dariam por um mecanismo psicossomático ou por meio de uma ordem indireta. Exemplo: a diminuição dos batimentos cardíacos resultante de uma exposição ao azul seria provocada pela tranqüilização psíquica produzida antes, e não pelo caminho inverso (ou somato-psíquico) como querem os fisiologistas acadêmicos. Enquanto essas questões não forem bem resolvidas, o importante é que entendamos que os efeitos das cores sobre as pessoas são reais e aplicáveis em tratamentos tanto em psicoterapia quanto na clínica médica.

Ordem na Aplicação das Cores

O silêncio, a vibração mental positiva e a trajetória cumprida pelo foco de luz-cor completam o quadro de atitudes a serem observadas.

  1. Aplique sobre o paciente, por todos os chakras, a cor verde para higienizar; após, azul-clara, como calmante; por fim, amarelo, como força vital.
  2. Efetuada a primeira etapa, passe a aplicar em cada chakra a cor que lhe é predominante. 3) Finda a segunda etapa, deve-se aplicar a luz Crística (branco-prateado). Sempre comece aplicando as cores dos chakras pelo: Básico, Umbilical, Plexo Solar, Cardíaco, Laríngeo, Frontal e Coronário.

Existem infinitas tonalidades que podem ser indicadas a cada questão específica, tais como: preto, limão, cinza, magenta, turquesa, prata e ouro. As cores podem transformar a vida de qualquer pessoa, trazendo sucesso nos negócios, na vida familiar, na vida sentimental, na saúde, no emprego, enfim, as cores podem auxiliar em tudo.

Ao receber um tratamento cromoterápico, as reações a seguir são bastante normais, de forma que o paciente deve ser previamente avisado sobre elas. São elas: bocejar constantemente, sono excessivo, vontade de chorar (durante as aplicações). Podem ocorrem enjôos nas primeiras aplicações. Para os casos psíquicos, quando a liberação de bloqueio energético inicia, as reações de rejeição ao tratamento são normais. Nos problemas físicos é normal o mal agravar inicialmente. O tratamento é feito (de dentro para fora) energia positiva expulsando energia estática e por isso, o organismo muitas vezes aguça os efeitos da doença.

Os tratamentos para tensão nervosa requerem cuidados especiais tais como: evitar situações traumáticas, cooperar, evitando lembranças conscientes de passado tristonho ou chocante. Para todos e quaisquer tratamentos energéticos, é aconselhável durante esses tratamentos: evitar bebidas alcoólicas, não se alimentar de carne suína ou bovina, pois estes alimentos dificultam a circulação de energia pelo corpo.

Raio Pessoal

Todos nós temos um Raio Cósmico Pessoal, a cor do respectivo Raio é que nos norteia na caminhada da vida terrena e facilita nossa espiritualização. Nesta Apostila serão apresentados os 9 primeiros Raios. Os sete primeiros estão direcionados ao plano físico cósmico e os dois últimos estão direcionados com o plano astral  cósmico.

1º vontade/poder

2ºamor/sabedoria

3ºatividade/inteligência

4º harmonia

5ºconhecimento/ciência

6º devoção/entrega

7º ordem/cerimonial

8º Inter-relacionamento de universos

9º Onipresença

Raio Número 1 - Cor VERMELHO,  nascidos nos dias: 1, 10, 19 e 28 – Nota Musical DÓ.

O Raio vermelho é ligado à beleza física e à sensualidade, nos concede autoridade, vitalidade e paixão, estimula a iniciativa, proporcionando o desenvolvimento das potencialidades. No plano físico desperta o fogo interior que é propulsor das grandes realizações sem temor, revitalizando o corpo físico e desviando de perigos e violências. Envolve  o ser com um magnetismo pessoal que o faz vencer as adversidades, principalmente no campo jurídico. Nos Corpos Sutis, fortalece a conexão

Ciclo Evolutivo - “Surge então o Homem com a mente consciente que através da concentração e da atenção sincera a uma idéia ou meta específica, pode fazer uso das forças superiores. Usa o poder de sua vontade soberana, iniciando um movimento ordenado, organizando as forças do Caos, dando um passo à frente para a realização de seu destino. Nesse ponto, a energia superior poderá ser transladada ao mundo material, para dar origem à manifestação e harmonia perfeita, já que o Ser tem a visão capaz de ver o que pode ser feito e a força e a firmeza para realizá-lo, além de estar de posse de instrumentos adequados para isso, assinalando uma nova realidade”.

Raio Número 2 – Cor: LARANJA - nascidos nos dias: 2, 11, 20 e 29. Nota Musical RÉ.

O Raio Laranja representa o Sol e devem ser utilizadas para agradecimento as metas profissionais alcançadas. Este raio  incentiva a criatividade, as atividades artísticas, desportivas, a atração, motivação, energia mental, claridade de pensamento, harmonia, expansão, felicidade e adaptabilidade. No corpo físico  é revitalizador das energias de todo o organismo, ajuda a proteger e restabelecer o coração, a coluna vertebral, o baço, o duodeno, a vista e a fertilidade, aumenta o poder mental. Nos Corpos Sutis proporciona a espiritualização.

Ciclo Evolutivo - “Porém, passado o primeiro momento de ação, detém-se para examinar e refletir diante do Templo da Sabedoria, os segredos do mundo, a eterna antítese da Existência e da Essência. Aqui está à ligação com a mente subconsciente, a força receptiva, reprodutiva e criadora de formas do organismo humano. Sua mente consciente formula idéias que seu subconsciente aceite como sugestões. É a Papisa que faz a ligação com o subconsciente e realiza a primeira função psíquica: intimação. Surge o elemento feminino na alma do homem. O Ser precisa passar pela Papisa para aprender a usar o seu potencial consciente, colocando em ação os poderes que ele tem nas mãos. Toda memória universal e pessoal, está registrada no livro da Papisa, parcialmente oculto, pois nem tudo é conhecido, já que Deus sempre tem mais para revelar. E o Ser para, observa e analisa, mas para ler no livro, é preciso ter a inteligência que só a Imperatriz e o Imperador podem lhe dar.”

Raio Número 3 – Cor:  AMARELO (nascidos nos dias: 3, 12, 21 e 30). Nota Musical MI.

Este Raio Simboliza a energia solar, ação, inspiração e mudanças súbitas. No plano Físico ajuda a vencer a timidez e favorece as relações sociais.  Representa a ordem, o raciocínio e a lógica. Protege especialmente os pulmões e os brônquios, a respiração. Nos Corpos Sutis ajuda na cura de doenças psicossomáticas e para quebrar bloqueios emocionais, é a cor do intelecto e da criatividade, estimulando a inteligência e a sabedoria, o entendimento.

Ciclo Evolutivo -   “Ele encontra aqui a inteligência ativa e criadora,  começando a perceber que tanto a mente consciente quanto a mente subconsciente são importantes, precisando estar unidas para se produzir à manifestação. Agora unindo a Vontade (astral superior) e a inteligência (mental inferior) age seguro e planejadamente conquistando a força motora, através do amadurecimento e do fluxo da força Ele vital, o fluxo da consciência. Surge a segunda função psíquica: o sentimento, junto com o trabalho, a criação física e a imagem materna. É encontrada a resposta que produz o crescimento através da imaginação, da intelectualidade com a geração e a elaboração da natureza ligada à matéria.”

Raio Número 4 – Cor: VERDE (Nascidos nos dias: 4, 13, 22 e 31). Nota Musical FÁ.

O Raio Verde é a energia da vitalidade, da fartura, energizante. Está ligado ao mundo material representando a cor da natureza. No Corpo Físico protege a agricultura, saúde, o sucesso, a sorte, o rejuvenescimento, a ambição, as finanças, a cura, a abundância, a generosidade, a fartura, a constância, a realização de sonhos e metas, protege os idosos e as doenças senis. Nos Corpos Sutis, simboliza a transcendência.

Ciclo Evolutivo - “Com autoridade e poder o Ser se realiza no plano físico, tomando posse de si mesmo, iniciando a construção de si mesmo e do mundo. É o seu encontro com a razão e surge a terceira função psíquica: percepção, acompanhada da disciplina, do poder material e da imagem paterna. Agora o Ser está mais velho e na posição onde os esforços dos estágios anteriores produzem recompensas concretas em termos de poder e de domínio. É capaz de supervisionar e controlar, através de sua habilidade de discernir a verdade, em qualquer situação. Os pensamentos foram canalizados em realização produtiva e útil, trazendo para ele autoridade, fruto de planejamento adequado. Aqui o Ser toma posse de si mesmo, afirma sua autoridade e se mostra pronto a usá-la passando a ser o construtor físico, o poder governante, chegando enfim à realização com sua força ativa.”

Raio Número 5 – Cor: AZUL CELESTE (nascidos nos dias: 5, 14 e 23). Nota Musical SOL.

O Raio Azul Celeste, simboliza a  cor da Água. Quando o azul é mais profundo, representa o prazer de viver e tudo aquilo que nos desperta gosto pela vida. No Corpo Físico ele estimula a sensualidade, a auto-estima e induz à conquista amorosa. Ajuda a realizar bons negócios, trazendo dinheiro e riqueza material. Ele protege a garganta, a laringe, a faringe, a tireóide, a língua, as cordas vocais e a fala, o paladar. Nos Corpos Sutis, expande a luz, a tranqüilidade, a bondade, a harmonia, a verdade, o altruísmo, o conhecimento.

Ciclo Evolutivo -  “Aqui o Ser descobre o poder espiritual independente do poder temporal Superando os limites da matéria, o Ser compreende e atua de acordo com a lei espiritual. É a sua intuição, sua voz interior despertando a consciência interior, libertando da limitação com o surgimento da quarta função psíquica: pensamento e o aparecimento do elemento masculino na alma feminina. É o resultado dos quatro passos anteriores, quando a mente consciente colhe todos os fatos e os introduz na mente subconsciente que reage à informação e num lampejo de intuição, devolve a análise correta, baseada na razão. Percebe o fluxo da vida espiritual, animando todos os planos da natureza, quer sejam orgânicos ou inorgânicos, passando a ter capacidade de assimilar a Sabedoria Transcendental e Divina, descobrindo a ponte entre o Céu e a Terra. Ao passar por esta etapa que colocou o Ser diante do objeto múltiplo do conhecimento, simbolizado pelos quatro poderes revestidos de funções, quer leiga quer religiosas, ele deverá fazer sua primeira escolha pessoal”.

Raio Número 6 – Cor: ÍNDIGO (Nascidos nos dias: 6, 15 e 24). Nota Musical LÁ.

O Raio Índigo representa a cor espiritual de meditação, é a cor da inércia. No Corpo Físico neutraliza a magia lançada por alguém, quebra maldições, mentira ou competição indesejada. Nos Corpos Sutis equilibra o Karma, traz a paz e a tranqüilidade.

Ciclo Evolutivo -  “Tentado, o Ser hesita diante dos atrativos e apelo das paixões”. Trava-se uma luta interior na decisão entre o amor universal e o humano, a razão e a paixão, à vontade e a vaidade, o bom senso e a presunção, o vício e a virtude. É na realidade uma prova e uma escolha em todos os planos da natureza e a sua afirmação pessoal. Aqui seus cinco sentidos são ativados, sendo preciso cuidado para que Kundalini não fique retida no centro inferior do corpo, na base da espinha, satisfazendo  apenas os sentidos, mas que possa elevar-se ao longo da coluna até os centros mais elevados da cabeça, expressando-se num plano mais grandioso, trazendo harmonização ao Ser”.

Raio Número 7 – Cor:  VIOLETA (nascidos nos dias: 7, 16 e 25). Nota Musical SI.

O Raio de Cor Violeta ou Roxo  é ideal para aumentar seu poder e força espiritual.Favorece a liberdade e tem o poder de transmutar o ódio em amor ou transformar o negativo em positivo.Violeta é a cor da espiritualidade e a cor de Saint Germain, Mestre Ascensionado da Chama Violeta que auxilia na queima do karma. Ligada ao chakra do fogo, ajuda na purificação de nosso ser. Ela aumenta a nossa capacidade de sacrifício e a perseverança. Simboliza as manifestações psíquicas, cura, poder, sucesso idealismo, progresso, proteção, afastamento do mal, contato com entidades astrais. Auxilia para que as pessoas se livrem de diversos tipos de vícios: cigarro, álcool, drogas, fármacos e as depressões suicidas induzidas por este tipo de dependência. Realização de desejos íntimos.

Ciclo Evolutivo - “Através do controle dos sentidos e da elevação e purificação dos desejos, fazendo uso da livre vontade, o Ser pôde alcançar o domínio completo no corpo físico, superando as provas, com a formação da personalidade e o veículo social, distinto da alma. Equilibrado e tendo dominado as paixões, decidiu corretamente e com sua capacidade de controlar o corpo através da mente, avança em um rumo certo e definido.”

Raio Número 8 – Cor: OPALA (nascidos nos dias: 8, 17 e 26). Notas Musicais: As Sete Notas

O Raio Opala é aquele que contém as sete cores, reunindo todos os sete raios em um só. É a síntese de todos os raios, amálgama perfeito do espectro solar que reproduz a luz branca original. Relaciona-se com o Sol Zodiacal, centro e foco dinâmico da Energia Divina. Na prática, pode ser considerado como o branco leitoso. No plano físico emite resistência, trabalho, recuperação e regeneração. Nos Corpos Sutis aflora a inteligência e o magnetismo pessoal.

 Ciclo Evolutivo -  “O Ser deve sintonizar-se com os grandes ritmos cósmicos se entregando às influências celestes que deverão conduzi-lo à iluminação mística. É a experiência do espírito como guia através das esferas celestes. Primeiro resplendor do Ser como um todo, restabelecido o equilíbrio do consciente e do inconsciente. É o nascer da esperança através da influência dos elementos e dos astros em sua vida material, mental e espiritual.”

Raio Número 9 – CARMIM (Nascidos nos dias: 9, 18 e 27). Notas Musicas -  As Sete Notas.

O Raio Carmim reúne os sete raios básicos com o Raio Opala. Em termos concretos vai do Rosa forte até o cor-de-rosa quase branco. É a cor da compaixão. A pessoa que nasce sob a influência desse raio cromático tem em si a solidariedade. Possui grande preocupação com a humanidade, com a fraternidade entre os homens. Não sabe trabalhar apenas por si mesma, trabalha melhor em grupo e tendo como meta o bem comum, seja da empresa, do grupo ou da humanidade. Por outro lado, traz em si uma grande dose de fantasia e ilusão, vivendo, muitas vezes, fora da realidade – sua tendência escapista pode ser um de seus maiores problemas assim como a auto-indulgência.

Ciclo Evolutivo -  “Após a morte renovadora o Ser entra em contato com a alquimia e com a grande lei da eterna circulação dos fluidos vitais, tanto no plano cósmico como no plano psicológico. Percebe a necessidade do equilíbrio interior entre os dois pólos do Ser, através de uma forma adequada de manejar a vontade. Com a aquisição de um novo centro da personalidade, restabeleceu o equilíbrio entre consciente e inconsciente Proporcionando intercâmbio positivo de energias, dá origem à manifestação dos ideais mais elevados, levando os altos estados de consciência, obtendo compreensão, sabedoria e harmonia, renovando a energia interior e o contato com a vida universal.”

 

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
Umbanda  (01-11-2021)
Catimbó da Jurema  (01-11-2021)
Textos para reflexão  (01-11-2021)
Cromoterapia  (01-11-2021)
Ciência e Fé  (01-11-2021)
Chacras  (01-11-2021)
Incensoterapia  (01-11-2021)
Intuição  (01-11-2021)
  • Currently 2.58/5

Rating: 2.6/5 (1302 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página



 

how to stream super bowl 2021