Sites premium 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
Os Mitos e a Humanidade  (10-11-2017)
Referências  (10-11-2017)
Umbanda  (10-11-2017)
Tarot   (10-11-2017)
Vikings - Runas  (10-11-2017)
Textos para reflexão  (10-11-2017)
Contactos  (03-11-2017)
O Homem e a Oração  (03-11-2017)
Numerologia  (03-11-2017)

Rating: 2.7/5 (382 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...




Catimbó da Jurema
Catimbó da Jurema

sites premium

 

O Catimbó no Brasil tem origem no Nordeste Brasileiro em meados do século XVII , possivelmente originado das etnias Potiguara, do litoral, Tarairiú e Chuminy (atualmente chamados Kariri), dos  sertões  e é pouco difundido em outros Estados. A etimologia da palavra Catimbó é: Cat-fogo - timbó-mato -  fogo na mata.

É impossível dissociar o Catimbó do catolicismo e de outras tradições europeias. É um culto eclético, composto de elementos católicos, cerimônias pagãs, a magia negra na Europa, divindades africanas e nossos indígenas.  Sabe-se que os índios foram sobrepujados por outras culturas, desta forma perde sua identidade indígena original (pajelança) que absorveu rituais importados de outras práticas religiosas mais “fortes”.

A falta de pesquisa e a literatura escrita contribuiu muito na medida em que os próprios índios eram extintos, restando na maioria das vezes, a oralidade dos ancestrais.

Antigamente os adeptos realizavam os cultos em baixo de arvores frondosas que pertenciam aos terrenos da caatinga. A junção dos saberes dos elementos que compunham  os rituais tinham um objetivo em comum, o culto à Natureza. A árvore da Jurema ou todas as espécies desta planta, simbolizam o Catimbó e são consideradas sagradas. Os Mestres  utilizavam  a fumaça da queima de plantas medicinais para a cura de pessoas e pragas da plantação.

Os mestres tinham seu grupo de trabalho e a organização da mesa correspondia a cidade de origem. Aqueles que tomam parte na mesa da Jurema são os que formam a cúpula, a chefia do trabalho espiritual. Atualmente existem, a "Jurema de Mesa"  que em alguns centros ou terreiros pode lembrar uma sessão espírita kardecista, e  a "Jurema de Chão", quando uma toalha é estendida na mata com os instrumentos e objetos do culto e a  "Gira de Jurema", na gira de Umbanda onde o espírito da índia Jurema incorpora em médium para o passe e descarrego. No catolicismo a cura da sagrada Jurema é em homenagem à São Brás e no Africanismo à Orixá das Folhas – Ossãe. Os rituais quando são feitos “às direitas” são realizados nas segundas, quartas e sextas.

Quando os rituais são “às esquerdas”, os espíritos evocados são os malignos e feitos junto a natureza sem toalha, sem instrumentos e com objetos de fundamentos escusos, pois estes espíritos não exigem liturgia adequada e sim a evocação. Normalmente são executados nas terças, quintas e sábados.

São sagrados para os Catimbozeiros:

- Os quatro elementos da natureza;

-  Os alimentos que ingerem;

- Seus ancestrais;

- Seres encarnados.

Os Mestres e Mestras São espíritos dos antepassados, pessoas que quando vivas cultuavam o culto às ervas. São espíritos de diversas linhas.  As principais são:

- Os Encantados  - são espíritos elementares ou ligados à natureza que, no momento da morte se encantaram em animais e plantas. Os Caboclos também são em geral Encantados.

- Os Príncipes - são parecidos com os encantados, com a diferença de que estão ligados à natureza em si, mas não se encantaram em plantas nem animais e tem que ser virgens.

-  Os Reis e Rainhas  - são espíritos milenares que por sua antiguidade podem atuar nos fenômenos naturais em beneficio da humanidade, como Rei Salomão e Rei Malunguinho.

- Os Boiadeiros  - são espíritos sertanejos ligados ao interior do nordeste, havendo algumas exceções quanto a espíritos que vem de  outras regiões do pais, ligados a vaquejar gado.

- Os Pajés – são espíritos de antigos indígenas das terras brasileiras responsáveis pela cura através das ervas e encantar os seus principais guerreiros e cacique  no tronco da jurema, após a sua morte (Caboclo Mestre).

- Os pretos velhos antigos rezadores do Brasil de descendência africana.

- Espíritos de diversas etnias e nacionalidades que quando encarnados trabalhavam, com a cura de doenças físicas e espirituais.

Um Discípulo do Catimbó passa por vários graus de desenvolvimento para se tornar um Padrinho Mestre, que é o grau máximo que  pode chegar, Os graus são os seguintes:

1º) Discípulo Apontado.

2º) Discípulo Batizado.

3º) Discípulos Juremado

4º) Discípulo Consagrado

5º) Padrinho.

6º) Padrinho Mestre.

7º) Mestre.

 

Em seus cultos as principais entidades são homenageadas:

- Rei Herom – semelhante a Obaluaiê. Acredita-se que tenha sido um cavaleiro da Idade Média, católico, bondoso, prega a paz e harmonia entre os homem. É famoso pelas curas que obtém.

-  Mestre Tupã, que é um espírito de grande força astral, chefe de um grande reino e faz parte das cidades santas, é conciliador.

- Mestre Tabatinga – considerado rei dos feiticeiros,  perverso e traiçoeiro e seus trabalhos são às esquerdas. Os rituais que desenvolve datam de cerimônias de feitiçaria da Idade Média.

- Mestra Laurinda, parteira, curandeira e rezadeira.

- Mestra Iracema, rainha da cidade encantada de Panema, vem beirando o mar, se preocupa muito com crianças e pessoas idosas e é uma cabocla de pena.

- Mestra Flor – procurada para solucionar problemas amorosos.

- Mestre  Taruaté, Mestre Pequeno, Mestre Manuel,  Mestre Angélica, com poderes para curar enfermidades físicas e espirituais.

- Mestre Mulunguinho e Mestre Zinho - para abrir caminhos com suas chaves mágicas.

- Mestre Manicoré, Mestre  Tupã e  Mestre Itapuã são índios velhos, antigos pagés cuja especialidade é curar, utilizando ervas e raízes selvagens.

- Mestra Maria Luziária - vaidosa, conselheira, defensora das mulheres, apaziguadora dos homens, por vezes mandingueira, brejeira e casamenteira.

- Príncipe Jurema – alegre preto velho conhecido como Pai Joaquim e o

- Mestre Urubatã com grande poder para desfazer feitiços, limpar de mau-olhado e fechar o corpo para mazelas espirituais.

-  Mestre Mané Maior príncipe Canindé, caboclinho, corredor da mata virgem, aquele que traz as folhas, juntamente com os tapuias e canindés, para fazer a linha da fumaça e do mel de abelhas.

Para receber um Mestre do Catimbó é necessário que a pessoa seja íntegra, sem vícios, caso contrário perdem aos poucos as força espiritual. Os Mestres vencem todas as causas, pois são otimistas e generosos. O círculo que fazem no astral sobre o seu consulente é que tem valor e nas suas invocações estão sempre procurando um canal de luz, onde possam entrar e resolver os problemas dos consulentes.

 

Objetos dos rituais

Para a mesa: troncos da planta Jurema são assentados em recipientes de barro e simbolizam as cidades dos principais mestres das casas. Embora a árvore da Jurema seja a principal árvore da cultura, cada Mestre tem sua erva de fundamento. Imagens de santos católicos e de espíritos afro-ameríndios, maracas ,  chave, espelho, bacia de louça chamada princesa, velas em diversas cores, copo feito de cuia, toalha branca, símbolos, cachimbos, tabaco, copos com água da fonte, dos rios, da chuva, do mar, dos lagos, fitas, cascas, folhas. Chama-se Mesa o altar junto ao qual são consultados os espíritos e onde são oferecidas as obrigações que a eles se deva.

Instrumentos : pandeiro, maraca e palmas, cabacinha na ponta de uma vareta, com que o Mestre divide o compasso das linhas. Contudo os Catimbós absorveram facilmente os atabaques da umbanda trazendo o seu ritmo e musicalidade.

Oferendas:  cachaça,  fumo, alimentos preparados com crustáceos e moluscos diversos.

Bebida:  uma das espécies da jurema (Mimosa hostilis), nativa do sertão nordestino era usada para produzir uma bebida psicoativa de mesmo nome, conhecida como vinho da Jurema, usada pelos adeptos nos cultos, que em conjunto com os cânticos e instrumentos conduziam à um transe profundo resultando na incorporação dos Mestres Catimbozeiros.

Indumentária: não há cores formais, vestidos , contas (apesar de existirem fios-de-conta de Catimbó, feitos com a cabaça e lágrimas de Nossa Senhora), enfeites especiais e fetiches de representação.

Cerimônias

Agitando a maracá, objeto sacro usado pelos índios que substitui sinos e chocalhos, o Mestre dá início à sessão acendendo as velas. São feitas orações e saudações para abrir a "mesa", todos se ajoelham e pedem licença a Jurema para entrar em seus domínios e chamar os Mestres, com cânticos apropriados.

 

“Abrindo a Mesa, com luz e amor

Abrindo as portas do Juremá

Chamando os Mestres para trabalhar”

 

Os discípulos pedem benção aos mais velhos na casa e assim que os Mestres chegam é o momento das consultas para as quais, os mestres e mestras, estão prontos para ajudar. Não existe separação entre os discípulos, os mestres e os frequentadores, o que autentica a informalidade no ritual.

“Oh! Jurema encantada

Que nasceu em frio chão

Dai-me força e ciência

Como deste à Salomão

Rei Salomão bem dizia

À seus filhos juremados

Para entrar na Jurema Mestre

Tem que ter muito cuidao

Rei Salomão bem dizia

À seus filhos juremeiros

Para entrar na Jurema Mestre

Tem que pedir licença primeiro

Vamos salvar a Jurema Mestre

Vamos salvar Salomão

Vamos salvar a Jurema Mestre

Que é nossa obrigação

Rei Salomão, Rei Salomão

Arreia Rial

Rei Salomão do Juremá

Arreia Rial

Eu vou chamar senhora Mestre

Arreia Rial

Para com eles triunfar

Arreia Riel”.

 

A melodia dos cânticos é repetitiva, mas de ritmo bem marcado e tem uma função mágica ente os expectadores que, aliada a queima das ervas produz um estado hipnótico. A dança é um elemento importante, a princípio é lenta e aos poucos vai ganhando força e cada  Mestre tem sua dança especial.

 

“Senhores Mestres do outro mundo

Do outro mundo e do outro também

Senhores Mestres

Na hora de Deus, amém”.

 

Um bom mestre é capaz de curar as doenças mais complicadas e afastar os invasores espirituais  desde que, se dedique com humildade à buscar inovações em seus aprendizados, pois cada pessoa deverá ter um tratamento adequado e não coletivo.

 

Orações

 

Oração da saúde

“Minha Mãe Natureza, tu que criaste tudo que há no mundo, as árvores, aos rios que matam a sede, as flores que perfumam a terra e a tudo que alimenta e agasalha o homem, eu te peço faz com que eu encontre a erva certa para curar este doente”.

Oração para achar bichos perdidos

Ó poderoso vaqueiro das caatingas, eu te peço que, com a ajuda dos boiadeiros que já se foram, tu me faças encontrar o que foi perdido.

 

Oração para fechar o corpo

(nome da pessoa), Deus adiante e paz na guia, encomendo-me a Deus e à Virgem. O corpo de Cristo me guarde. Que eu ande sempre em boa companhia. Que os bons me vejam e os maus não me vejam. Deus me guarde bem guardado amém.

 

Oração para abrir os caminhos urgentemente

“Deus saiu eu saí, Deus andou eu andei, Deus achou eu achei.

Assim como à Nossa Senhora não faltou leite para o seu bento filho,

Pois a mim não faltará o que eu quero arranjar.

Pelo sangue que Jesus derramou no calvário e pelas lágrimas que vós

Derramastes ao pé da cruz, não ha de faltar o que sair a procurar”.

 

Oração para as Almas

“Almas santas e benditas, abençoadas de Deus e das três pessoas da santíssima trindade, vós fostes como eu, e eu coo vós, nem mais nem menos. Assim, fazei o que vos peço.[ Neste momento fazer o peido do que se quer conseguir ]. Rogo a Deus pelas almas dos aflitos e desesperados, aqueles que morreram afogados, com sede e fome, e aqueles que morreram queimados e degolados. Rogo a Deus e ao divino espírito Santo, que lhes dê luz e alguma destas almas, que estiver perto de ver a face de Deus, Vinde a mim falar e dizer bem claro, isto que vos peço. Amém”

 

Oração ao santo anjo Custódio

Ó Santo anjo Custódio, amigo meu, queres salvar-me? Sim. Quero ser vosso amigo, não sou? Queres ter a salvação? Sim, quero. Quais são as principais virtudes do céu que podem salvar? São: o sol mais claro do que a lua, as duas tábuas de Moisés, onde nosso senhor Jesus Cristo pôs seus sagrados pés. São três as pessoas da santíssima trindade e os evangelistas João, Marcos, Mateus e Lucas.

São as cinco chagas de nosso Senhor Jesus Cristo, que tanto sofreu para quebrar as pontas de todos os inimigos. São os círios bento os que iluminaram em torno da sepultura de nosso senhor Jesus Cristo para livrar das astúcias de nossos inimigos

São as bem- aventuranças, o que são os nove meses que a Virgem Maria trouxe o seu amado filho no ventre. E por todas estas virtudes somos livres dos poderes de nossos inimigos. São os mandamentos da lei de Deus. Por que quem neles crer não terá males contra si.

São as virgens que pedem ao NSJC por nós. São os apóstolos que acompanharam NSJC desde a hora de sua morte até a redenção. São os treze raios de Sol, que eternamente nos iluminam.

 

Oração de Santo Expedito

“Meu Santo Expedito das Causas Justas e Urgentes, Socorrei- me nesta Hora de Aflição e Desespero, intercedei por mim junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo. Vós que sois um Santo Guerreiro. Vós que sois o Santo dos Aflitos. Vós que sois o Santo dos Desesperados, Vós que sois o Santo das Causas Urgentes, Protegei-me, Ajudai-me, Dai-me Força, Coragem e Serenidade. Atendei ao meu pedido”

Oração para realizar seus objetivos materiais e profissionais

Salve a natureza, salve o círculo mágico azul que me envolve, eu sou feliz e rico, eu tenho o hoje e o amanhã, tenho o meu futuro pela frente, a saúde tomou conta de meu corpo. Obrigado, por tudo de bom que vós me destes e continuarás dando, porque eu posso, eu quero, eu mereço eu vou conseguir através da Lua Cigana e dos Mentores Ciganos, eu realizarei todos os meus sonhos, porque querer é poder, e eu posso. Salve Santa Sara Kali, que sempre ilumine o meu caminho, afastando os inimigos da minha estrada, que os olhos deles não cheguem até os meus e que seus passos não cruzem o meu caminho. Que eu realize meus objetivos materiais e profissionais.  Que meus negócios prosperem. Que assim seja e assim se faça!

 

Oração para benção do dinheiro

SARA, Amada Mestra, abençoa meu dinheiro para que ele se multiplique assim como Jesus multiplicou os peixes. Que cada moeda e nota seja mil em minhas mãos. Obrigada, Amada Sara!, EU SOU o dinheiro que preciso, EU SOU (3x)

 

Oração de Santa Sara para prosperidade

Opcha, Opcha minha Santa Sara Kali, mãe de todos os clãs ciganos dessa terra ou do além túmulo. Mãe de todos os ciganos e protetora das carruagens ciganas. Rezo invocando teu poder, minha poderosa Santa Sara Kali, para que abrande meu coração e tire as angústias que depositaram aos meus pés. Santa Sara me ajude!

Abra meus caminhos para a fé no teu poder milagroso. Venceste o mal, todas as tempestades e caminhou nas estradas que Jesus Cristo andou. Mãe dos mistérios ciganos que dá força a todos os ciganos no dom da magia, me fortaleça agora, sendo eu cigano ou não-cigano.

Bondosa Santa Sara, abranda os leões que rugem para me devorar. Santa Sara, afugenta as almas perversas para que não possam me enxergar. Ilumina minha tristeza para a felicidade chegar.

Rainha, atravessaste as águas dos rios e do mar e não afundaste e eu invoco teu poder para que eu não afunde no oceano da vida. Santa Sara, sou pecador, triste, sofrido e amargurado. Traga-me força e coragem, como dás ao Povo Cigano teus protegidos.

Mãe, Senhora e Rainha das festas ciganas. Nada se pode fazer em uma tenda cigana sem primeiro invocar teu nome, e eu invoco pelo meu pedido, Santa Sara Kali.

Tocam os violinos, caem as moedas, dançam as ciganas de pés descalços em volta da fogueira, vem o cheiro forte dos perfumes ciganos, as palmas batendo, louvando o Povo de Santa Sara Kali. Que o Povo Cigano me traga riquezas, paz, amor e vitórias. Agora e sempre louvarei teu nome Santa Sara Kali e todo o Povo Cigano.

Opcha, Opcha Santa Sara Kali!

 

Prece aos quadrantes

Grande Espírito da Luz,

Do Leste (amarelo) venha até mim com o poder do sol nascente. Que haja luz nas minhas palavras, que haja luz no meu caminho. Faça com que eu me lembre sempre que você nos dá um novo dia como uma dádiva. Nunca permita que eu me torne carregado pela amargura de não conseguir começar de novo.

Grande Espírito do Amor,

Do Norte (branco) venha até mim e faça-me corajoso quando o vento frio cair sobre mim. Dai-me força e perseverança contra tudo que seja grosseiro, tudo o que fere ou me amedronta. Que em minha vida eu esteja pronto para encarar o que vier do Norte.

Grande Espírito Doador de Vida,

Eu me volto para o Oeste (Preto), a direção do poente. Que eu me lembre todos os dias que em algum momento o meu sol irá se pôr. Que eu nunca me esqueça que eu desaparecerei em ti. Dai-me cores bonitas, um grande céu para o meu ocaso, para que quando chegar a minha hora de te encontrar, eu possa chegar glorioso.

Grande Espírito da Criação,

Envie os ventos quentes e suaves do Sul (vermelho).Traga-me conforto e me acaricie quando eu estiver cansado e com frio. Desdobrai-me como o faz a brisa suave com as folhas das árvores. Assim como ofereces para toda a terra o vento suave, oferece-o a mim também para que eu possa compartilhar do seu afago.

 

Oração indígena do silencio

“Sente-se à beira do amanhecer, o sol nascerá para você.

Sente-se à beira da noite, as estrelas brilham para você.

Sente-se à beira do rio, o rouxinol canta para você.

Sente-se à beira do silêncio, Deus vai falar com você."

 

Oração aos espíritos da mata

Deus se manifesta diante dos meus sentimentos Sob belas e magnificas formas e, neste momento, Na vibração que emana da bendita terra e que sois vós, amados gnomos. Ò terra maravilhosa que acolhestes em teu seio a semente pequenina. Devolvendo ao homem a tranquilidade do elemento!

Ó terra poderosa, que alimentais com tua seiva inesgotável A vida do solitário e verdejante bosque!. Sois queridos, gnomos, os filhos nascidos do poder da terra, Sois os espíritos divinos que trabalham em prol da evolução e do amor dos homens. E, em nome do criador maior, eu invoco a vossa presença, pedindo saúde para o meu corpo. Peço perseverança na conquista do bem para minha vida e peço que meus passos sejam firmes e equilibrados, na caminhada em direção a luz.

Ó gnomos, filhos da mansa e acolhedora terra, Eu vos amo no verde das campinas e na beleza dos jardins. Ó espíritos amigos, pelo poder que o pai vos concedeu, Eu, vos peço, atuai em minha vida, enterrai nas profundezas da terra Todas as minhas incertezas, tristezas, mágoas, decepções e incompreensões, Transformai-as todas, devolvendo à luz do sol, flores para o mundo aflito.

Neste momento que estais atuando em meu ser e em minha vida E eu vos entrego esta oferenda com o pedido de (…….). Envolvo meu coração no bem que emana da terra amiga e me afasto deste local, Levando em meu espirito as influências positivas do bem. Louvado seja deus, o grande arquiteto do universo, Que em sua sabedoria e amor irmanou minha alma, Que vibra no misterioso silêncio da terra fecundante e morna.

 

Oração da Misericórdia

“Senhor, Deus Todo-Poderoso, que ledes no fundo das almas e vedes a pureza de nossas intenções, dignai-vos sustentar-nos na nossa obra e protegei nosso chefe; dai-nos a força de suportar com coragem e resignação, e como provas para a nossa fé e nossa perseverança, as misérias que a malevolência possa nos suscitar; fazei que, a exemplo dos primeiros mártires cristãos, estejamos prontos para todos os sacrifícios, para vos provar a nossa submissão à vossa santa vontade. Aliás, que são os sacrifícios dos bens deste mundo quando se tem, como devem tê-lo todos os espíritas sinceros, a certeza dos bens imperecíveis da vida futura.

Fazei, Senhor, que as preocupações da vida terrestre não nos desviem do caminho santo por onde nos conduzistes e dignai-vos nos enviar Espíritos bons para nos manterem na via do bem; que a caridade, que é a vossa e a nossa lei, nos torne indulgentes para com as faltas dos nossos irmãos; que ela abafe em nós todo sentimento de orgulho, de ódio, de inveja e de ciúme, e nos torne bons e benevolentes para com todos, a fim de que tanto preguemos pelo exemplo, quanto pela palavra.

 

Oração de Fé

Oh! grande espírito, cuja voz eu escuto nos ventos, e cuja respiração dá vida a todo o mundo – escute-me. Eu estou perante você, um dos seus filhos. Eu sou pequeno e fraco. Eu preciso de sua Força e Sabedoria. Deixe-me caminhar em sua beleza e faça meus olhos observarem para sempre o pôr do sol vermelho e púrpura.

Faça minhas mãos respeitarem as coisas que você fez, meus ouvidos aguçados para escutar sua voz. Faça-me sábio, para que eu possa conhecer as coisas que Você ensinou ao meu povo, as lições que Você escondeu em cada folha e em cada rocha.

Eu busco a força não para ser superior a meus irmãos, mas para ser capaz de lutar com meu maior inimigo: “Eu mesmo”. Prepare-me para ir até Você, com as mãos limpas e olhos corretos, então, quando a vida desvanecer-se assim como o pôr-do-sol, meu espírito irá até Você sem nenhuma mancha.

Deixe sua voz sussurrar em nossos ouvidos através do vento oeste no final do dia. Deixe-nos ser confortados com amor por nossos irmãos e irmãs sem nenhuma guerra. Deixe-nos preservar boa saúde mentalmente e fisicamente para solucionar nossos problemas e realizar algo para as futuras gerações. Deixe-nos ser sinceros com nós mesmos e nossa juventude e fazer do mundo um lugar melhor para viver.

 

Oração dos Caboclos

Abençoado seja meu Caboclo de Aruanda. Faz de mim um instrumento de vosso trabalho, que eu seja vosso arco e vossa flecha. Em momentos de tensão, a corda se esticará e o arco irá se dobrar, mas jamais irá se romper. Ensina-me a não sucumbir diante das adversidades da vida.

Hoje o céu está tempestuoso e o ar congelante, mas o amanhã virá e com ele dias de sol e calor. Afaste-me do confronto com meus inimigos, mas se o choque for inevitável, que eu tenha a força e a coragem de lutar. Afaste o medo da derrota, já que sempre há a possibilidade de um novo recomeço.

Ensina-me a arte da paciência, pois às vezes é necessário esperar um dia inteiro, até que a caça caia na armadilha. Ensina-me a linguagem mágica das plantas, para que eu possa conhecer os mistérios da vida.

Vossa nudez é libertadora, ensina-me a andar nu, pois tenho que vestir-me todos os dias para ser uma pessoa que não reflete minha verdadeira natureza. Meus pés descalços irão penetrar a terra, ligando-me ao grande Deus Tupã. Faça de mim uma flecha de luz, atirando-me aonde a escuridão imperar.

Se eu ficar cansado, irei recostar-me no tronco da Jurema e adormecer coberto pelas suas folhas, ouvindo o canto dos pássaros anunciando o fim do dia. O som da cachoeira irá embalar meus sonhos. Quando chegar a hora da passagem, amarre minha alma na ponta da flecha, suba na mais alta montanha, estique a corda ao máximo e lance-me rumo ao infinito. Assim Seja.

 

Oração à Cabocla Jurema

Jurema, Linda Cabocla de Pena, rainha da Macaiá, ouve o meu clamor. Jurema me livra dos perigos e das maldades, ó Cabocla, tu que és Rainha da folha, nunca me deixe em falta, que o teu bodoque seja sempre certeiro contra os que tentarem me destruir. Jurema caminha comigo, ó Cabocla e me ajuda nesta jornada da Terra. Jurema que a sua força, junto com vosso Pai Caboclo Tupinambá me acompanhe hoje e sempre em nome de Zambi,. Salve a Cabocla Jurema.

 

Ervas de Poder para a defumação

 

Escolher a que mais se adapta às suas necessidades e queimar sempre em número ímpar:

ALECRIM

Defesa dos males, tira inveja e olho gordo, protege de magias.

ARRUDA

Descarrego e defesa dos males, proteção e remove o efeito de feitiços.

BENJOIM e CANELA

Limpa o ambiente e destrói larvas astrais.

FOLHA DE BAMBU

Afasta vampiros espirituais

FOLHAS DE CAFÉ

Espantam espíritos malignos da casa

GUINÉ

Traz proteção

INCENSO

Limpeza em geral

MIRRA

Limpeza fortes de miasmas

NOZ MOSCADA

Atrai a prosperidade e  sucesso

PALHA DE ALHO:

Afasta zombeteiros, quimbandeiros e os Eguns

ALFAZEMA

Atrai bons fluídos

ANIS ESTRELADO

Promove harmonia no lar e entre  família

AÇUCAR CRISTAL

 Atrai dinheiro e promove limpeza astral

COLÔNIA

Atrai fluidos benéficos

CRAVO DA ÍNDIA

Chama dinheiro

ERVA DOCE

Atrai felicidade

EUCALIPTO

Limpeza de larvas astrais

LEVANTE:

Atrai saúde

LOURO:

Atrai dinheiro e prosperidade

MANJERICÃO:

 Limpa o ambiente e destrói larvas astrais.

ROSA BRANCA:

Atrai amor e compreensão

 

Para executar uma defumação coloque o carvão em recipiente adequado como um fogareiro de barro ou lata. Prenda os carvões e quando as brasas estiverem bem acesa coloque as ervas secas desejadas.

A seguir feche toda  casa e coloque por fora da porta da frente um copo com água corrente. A defumação deve ser passada dos fundos para a frente e em cada peça cruze os cantos em forma de X, faça seus pedidos com firmeza e cantando:

Nessa casa tem quatro cantos

Cada canto tem um santo

Pai e filho, Espirito Santo

Nessa casa tem 4 cantos

Zum, zum, zum

Olha só Jesus quem é

Eu rezo para santas almas

Inimigo cai

Eu fico de pé

Abra a porta da frente e apague as brasas com a água que está no copo e descarregue os resíduos na natureza. Ao retornar abra as portas e janelas da casa e faça a oração:

 

Entro com Deus e a Virgem Maria

Tenho estrela d’Alva para companhia

Esta casa está livre dos inimigos

Da inveja e do mau-olhado

Dos perigos da água e do fogo

E seus habitantes purificados

Sem doenças de pele, carne e ossos

Aqui mora a paz, união e alegria

Minha casa é só prosperidade

Abençoada e glorificada. Amém.

 

Faça esta oração da porta da frente para dentro e borrife perfume de sua preferência pelos quatro cantos de cada peça. Quando concluir a tarefa faça o sinal da cruz e reze 3 ave-maria.

 

Rezas

 

Contra  bruxaria

Tu és ferro e eu sou aço. Foge diabo que te embaço.

 

Contra mau olhado, invejas, quebrantos

Deus te remiu, Deus te criou, Deus te livre de quem para ti mal olhou. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Virgem do Pranto, tirai este quebranto, Amém.

 

Contra dor de cabeça

Fazer o sinal da cruz e dizer: Pelo sinal da Santa Cruz, livre-nos Deus Nosso Senhor dos nossos inimigos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém. ( nome da pessoa), eu te benzo da dor de cabeça que tens ou dos maus olhos que para ti olharam, ou vento ou sol, ou o mau tempo que por ti passou.

 

Contra nervo torcido

Nome da pessoa: Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o Santo nome de Jesus não entra mal nenhum. A pessoa que vai coser pega numa agulha e num novelo de linha e diz: Eu coso. E quem está padecendo responde: Carne quebrada, nervo torto. A pessoa que vai coser: Cosa a Virgem melhor do que eu coso, a virgem cose pelo são e eu coso pelo vão. Em louvor de Deus e da Virgem Maria, Padre Nosso e Avém Maria. Depois de se fazer esta benzedura, molha-se os dedos no azeite e esfrega-se a parte dorida. Reza-se um Padre Nosso e uma Avém Maria, a Santo Amaro, advogado de pernas e braços e oferece-se ao Nosso Senhor Jesus Cristo. Repetir 9 vezes.

 

Contra dor de barriga

Esta oração tem de ser dita 9 vezes: Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o Santo nome de Jesus não entra mal nenhum. Quando a Nossa Senhora pelo mundo andava, chegou a casa de um homem manso e de uma mulher brava, pedindo -lhes pousada. O homem dava e a mulher não. Onde Nossa Senhora se foi deitar, água por baixo e água por cima; com estas mesmas palavras, cura a dor de b arriga, em louvor de Deus e da Virgem Maria, Padre Nosso e Avém Maria.

 

Contra tentação

Esta reza apenas deve ser rezada às terças-feiras e sextas-feiras. Em louvor do Santíssimo Sacramento do Altar, a minha casa vou benzer e defumar, e que todos os males existentes na mesma, que vão para casa de quem nos desejar (repetir a última expressão três vezes). Enquanto se faz a repetição, bate-se com o pé esquerdo três vezes. No final reza-se um Pai-Nosso.

 

Contra difamação

O Sol é seu pai, A Lua sua mãe, o vento a trouxe, o vento a leve para uma terra bem funda e que bem lhe pese por ter língua comprida. Que por sua maldade seja castigada a vida inteira. (diz-se o nome da pessoa que constantemente se mete na vida dos outros e os prejudica intencionalmente) seja amaldiçoada a vida inteira. Em louvor e honra de São Cipriano, que não é santo de falinhas mansas e que não se deixa ir no engano, se deve rezar um credo a cantar.

 

Contra doenças

Eu te curo, eu te benzo aqui nesta hora e neste momento em nome de todos os santos. Que as cinco cruzes benditas (fazer as cruzes em forma de sinal da cruz) tua doença vai sarar e tua vida vai melhorar. Eu corto e recorto e com a ajuda de Deus te desfaço a inveja que te botaram. Rezar 3 ave-maria.

 

 

topo